quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Frase

"Deus entende nossos questionamentos, mas, se nossas perguntas nos impedem  de confiar em sua bondade e sabedoria, então abrimos mão de suas bençãos e de sua paz prometida." Verna Birkey

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Acsa

A astuta filha de Calebe

Acsa, filha de Calebe, entrou em cena quando seu pai ofereceu um casamento entre ela e qualque um que fosse capaz de conquistar a cidade de Quiriate-Sefer. O maior interesse de todos naquele tempo eram as terra. Tudo dependia delas: adoração, lar, alimento, segurança financeira e política e capacidade de criar uma família. Tendo em vista que era costume na época os pais arrajarem os casamentos, a oferta de Calebe não foi incomum.
O sobrinho de Calebe, Otoniel, aceitou o desafio, tomou a cidade cananéia e recebeu tanto Acsa quanto a porção de tera que tinha sido prometida. Acsa, porém, sabia que suas terras só seriam produtivas se tivessem água. Vndo que a solução encontrava-se nas nascentes próximas dali, Acsa discutiu a situação com seu marido e convenceu-o de que precisavam pedir ajuda ao pai dela. A abordagem de Acsa buscando a benção do pai foi, provavelmente, o pedido de um presente de casamento e estava de acordo com as bençãos para casamentos e famílias.
Acsa demonstrou envolvimento e interesse por sua herança, seu casamento e seu futuro. Ela não foi gananciosa, mas também não hesitou em ir atrás daquilo de que precisava, semelhante à mulher virtuosa de Pv 31.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Decoração

Confesso: não me preocupava muito com essa palavra "decoração" mas, como estamos em constante aprendizado tenho observado a necessidade e que isso faz parte, vamos dizer, dos afazeres da mulher de Deus, de uma mulher virtuosa.

Decoração não é sinônimo de muito gasto. Não.
Decoração é sinônimo de bom gosto, criatividade, zelo.

E é por isso que vou começar a colocar aqui posts sobre o assunto.

Está me ajudando bastante e creio que ajudará a muitas mulheres.

Minha mãe vive me perguntando porque sempre que deixo um apartamento deixo (ou procuro deixar) tudo (na medida das minhas condições) arrumado.
Lâmpadas trocadas, cortinas, pratos, talheres, cozinha combinando. Quadros, vazos etc....

Aprendi assim e vi que era bom. Se pudesse faria mais. Nossa vida é uma correria mas, faz parte deixar o apartamento ou casa em que moramos arrumada, bem ornamentada, limpinha. É nossa marca.

Não esqueço de um pastor que falou de uma esposa no meio da reunião: "Poxa... que esposa.... a casa estava toda arrumadinha e mesmo assim deixou um bilhetinho pedindo desculpas por alguma coisa que tenha feito, e olha que não tinha feito nada. Uma mulher exemplo."

Guardei isso. E, por mais que o tempo passe, peço a Deus que conserve essa lembrança em mim, para que a cada dia eu possa aprender mais e glorificar ao meu Senhor no servir no lugar onde Ele me permite estar.

domingo, 19 de setembro de 2010

Mulheres da Bíblia - Abigail

Abigail era a bela e inteligente esposa de Nabal (1Sm 25.3), um homem grosseiro, tratante e dominador. Apesar de muitas mulheres serem infelizes no casamento por sua própria escolha, Abigail, provavelmente, tenha entrado nessa união com um homem tão difícil sem poder opinar, visto que a maioria dos casamento de sua época era arranjado pelos pais. Essa mulher de fé agiu humilde e sabimente ao dar comida para Davi e seus homens, a fim de salvar a vida daqueles que perteciam à sua casa.
Depois de Nabal ter insultado rudemente o futuro rei de Israel e seus homens, Davi reagiu com rapidez, determinado a uma vingança impensada. Avisada por um servo, Abigail foi perspicaz e precisa ao evitar que todos de sua casa fssem mortos. Ela interceptu Davi com humildade e calorosa hospitalidade. Sua voz o chamou de volta a razão, e seus modos o deixaram desconcertado. Ela usou de toda a sua criatividade para minimizar os danos causados pelo seu marido tolo. Ao ir contra os desejos de Nabal, ela agiu para salvar a vida dele.
De que forma ela dissuadiu Davi e seus homens? Ela porderia ter se portado como esposa ressentida, procurando maneiras de colocar a culpa em seu marido, mas seu discurso foi astutamente persuasivo e honesto. Mostrou deferência para com seu marido ao afirmar que tinha sido por um lapso de sua parte que os homens de Davi tinham conversado com Nabal, não com ela, talvez sugerindo que ela não havia estado disponível para oferecer hospitalidade. Suas palavras não foram de traição, mas, sim, de uma confissão cheia de tato, que desarmou a raiva de Davi. De forma alguma ela procurou enganar o marido, mas escolheu sabiamente narrar a ele tudo o que havia feito. Sua conversa com Davi mostrou respeito por sua posição e conhecimento de seu carater e ações, resultando num pronunciamento por parte do futuro rei de uma benção tripla: louvor a Deus, gratidão pelo conselho dela e graças pela própria Abigail.
Quando Davi soube que Nabal havia morrido, ficou extremanente aliviado por não ter permitido que Deus cuidasse da vingança. Ele também não perdeu tempo e pediu que Abigail continuasse a abençoar sua vida sendo sua esposa. Foi para ela que Davi disse: "ouvi tua petição e a ela atendi", o que, em algumas versões, é traduzido por: "respeitei sua esposa". Abigail havia conquistado o respeito de Davi, ilustrando para esposas de nossos dias o princípio essencial da moderaçõ e de ter prioridades corretas, bem como determinação para tirar proveito de uma situação difícil.

sábado, 11 de setembro de 2010

Pessoas que fazem a diferença - Parte 3

"Também três dos trinta cabeças desceram e, no tempo da sega, foram ter com Davi, à caverna de Adulão; e uma tropa de filisteus se acampara no vale dos Refains. Davi estava na fortaleza, e a guarnição dos filisteus, em Belém. Suspirou Davi e disse: Quem me dera beber água do poço que está junto à porta de Belém! Então, aqueles três valentes romperam pelo acampamento dos filisteus, e tiraram água do poço junto à porta de Belém, e tomaram-na, e a levaram a Davi; ele não a quis beber, porém a derramou como libação ao SENHOR." 2 Sm 23.13-16

Isso é muito forte!
Aqueles homens não precisaram que seu rei pedisse a eles. Eles tinham o prazer em servir-lo.
Quantas pessoas não perdem a oportunidade de crescer por não terem essa proatividade, esse espírito de iniciativa.
Lembro que, sempre que eu participava de uma entrevista de emprego, procurava ver se tinha alguma caneta ou clips no chão.
Aprendi que, em algumas empresas esses clips e essas canetas são deixadas de propósito para saber se o candidato a vaga de emprego se importaria em colocar a caneta no lugar ou se passaria por cima ignorando o objeto.
Era uma parte do teste. Pessoas com iniciativa, dinamicas, que não esperam que mandem fazer algo fazem toda a diferença na parte profissional.


E na vida espiritual e na obra de Deus, não é diferente.
Aqueles que esperam pelos outros, ou aqueles que acham que tudo é normal, tornando-se indiferentes, aqueles que desperdiçam tendem a fracassar espiritualmente. Nunca verão de fato as grandezas de Deus.
Porque?
Porque precisam ser empurrados.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Escolha o seu cinto


Bronze: Tendência para este verão, o cinto metalizado oferece luxo para a peça mais básica.


Branco total: No mais estilo navy, o cinto azul marinho ou vermelho fica perfeito e superchique em camisetas listradas e em looks total brancos.


Barroco: Os cintos repletos de pedras e cristais garantem mais glamour no visual étnico. Numa versão mais esportiva, como jeans e camiseta, você pode abusar desse acessório.


Pele: Chique e moderno, o cinto de píton é acerto total num vestidinho preto básico.

Clássico: Solte os bichos nos cintos de onça e incremente um vestido cáqui ou pele.




Laco:  o mais fofo de todos, com lacinhos! Deixa o look romântico e girlie!

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Cinto para cada cintura (Por Francielly Navarko)

 
Estava querendo saber mais como usar cintos e nesse blog de moda cristã (que diga-se de passagem é muito bacana. Todos os créditos são dela http://modaparacristas.blogspot.com)


Sinônimo de feminilidade, neste verão a cintura volta para o lugar e retoma um acessório bem clássico: o cinto. Perfeito como acessório da estação, os modelos estão nas vitrines com releituras nos anos 50 definindo bem a cintura compondo com decotes em 'v', vestidos ou blusinhas e saias evasês com pequenas pregas.





Abuse e use 

Lembra do primeiro cinto, aquele que ainda está no cantinho do seu armário? Sim, a gente sabe, é difícil se desfazer dele. Se é um cinto largo de elástico que você usou numa ocasião especial ou o dourado que por impulso comprou numa liquidação, não importa: a hora de usar é agora.


Para entrar nesta tendência, a dica é escolher um que se adapte melhor ao seu corpo e ao seu estilo. Isso funciona também quando falamos em saias. Tudo bem se você tem um supercoloridão que você jamais usaria, esses são os melhores - pois o cinto é o acessório que serve para "animar" o seu look, ou seja, vai dar o up no vestidinho muito largo ou colorir aquela roupa muito básica.

Tipos de cinto
 
É bacana você ter pelos menos uns três tipos no seu armário: um cinto largo para roupas mais fluidas, um fininho coloridinho para usar com camisetas e saias e outro mais luxuoso em dourado ou prata para vestidos que serão usados de noite.


Sofisticado e simples de usar, o cinto está sendo revisitado nos vestidos coquetéis do New Look e tubinhos dos anos 60. O acessório se tornou um must para o guarda-roupa de verão.

(Olhe a Michelle Obama aqui dinovo...)

Ame ou odeie, o cinto é feminino, clássico e bem sensual. É perfeito para uma silhueta que não tem cintura. Para as mais cheinhas, o ideal são os cintos mais finos, as mais magrinhas podem abusar dos largos e as médias dos que não marquem tanto a sua barriguinha.






















(Olhe só ninguém pode dar desculpas de não usar, hein)

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Pessoas que fazem a diferença - parte 2

Certa vez li em um dos livros do Bispo Macedo que, uma das coisas que faz a diferença entre pastores e pastores é a dedicação que cada um aplica em seu talento ou em sua responsabilidade.
Poxa, depois que li isso, busco me dedicar cada dia mais em tudo o que faço. E o oro por meu esposo também nesse mesmo sentido.
E vejo os resultados.


Ninguém que queira conquistar algo em sua  vida pode conqusitar se não se dedicar.
Um médico para ser muito bom e referencial deve se dedicar e isso começa com a busca incansável de conhecimento, empenho na faculdade, deixar de lado festas e coisas de marcas para buscar os melhores livros e eventos ligados a área.


Se uma pessoa quer receber o Espírito Santo não irá recebe-lo se não se dedicar.
Se uma pessoa quer ser renovada ela deve se dedicar.
Dedicação em oração, consagração, propósito, retidão enfim fará a diferenç.


Quer ser uma obreira que faz a diferença, dedique-se.
Quer ser um pastor que faz a diferença, dedique-se.
Quer ser uma esposa que faz a diferença, dedique-se.

Viva aquilo que você crê.


O exemplo de hoje é a Dna Gi de São Bernardo.
É muito bacana ver o empenho dela  na EBI. Só em vê-la trabalhando me motiva.
Faz a diferença......

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Pessoas que fazem a diferença - Parte 1

Algumas pessoas são tão marcantes que, é impossível não querer estar junto a elas. Pessoas que são referenciais em nossas vidas.

Pessoas que são marcantes tem características que outras não tem. Algumas podem até aprender mas, se não fluir de dentro da pessoa é como uma mulher estéril, não pode dar vida, por mais que queira.
E essa é uma das características de pessoas que fazem a diferença: a intenção (boa) do coração.
Tudo o que ela faz, não faz porque foi mandada, porque tem que fazer, não. Mas sim porque há prazer dentro dela. Quando ela faz algo ela aplica toda sua força e todos veêm seu empenho.
Quando essa pessoa ainda serve a Deus e a intenção do coração dela é somente agradar a Deus, poxa... é brilhante seu trabalho.
A Obr Marta do Jaçanã é um exemplo disso.
Nunca a ví fazendo algo por partidarismo ou porque tem que fazer. Tá dentro dela o ajudar as pessoas que chegam ali. 
A intenção (boa) do coração nos faz permancer independente do que falam ou do que façam contra nós.
Quem tem a intenção de ganhar almas não se intimida com os julgamentos, com os falatórios, com as adversidades. Faz sem olhar a quem, quando,onde,como e porque. Faz porque ela sabe em Quem Crê. Não só por causa de uma promessa mas, porque ela sabe que, hoje Deus é misericordioso mas, terá o dia em que Ele será o Juiz a quem todos teremos que prestar contas.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

As alianças

Desde sempre Deus nos orienta a não fazer aliança com outros povos.
Li Juizes e, logo no início, ao dar a parte prometida da terra a cada tribo de Israel, Ele diz para tirar todos e tudo que cada um encontrasse na sua terra.
Era para destruir tudo mas, não foi o que aconteceu e daí a ruína começa. Eles deixavam o povo viver e os servindo mas, acabavam servindo aos seus deuses. Se curvando a outros que não o DEUS VIVO.
Hoje não é diferente.
Toda a vez que Deus nos exorta a abandonar algo é porque aquilo vai nos fazer cair, vai nos levar a servir outros deuses.
Alguns podem pensar: Não é bem assim. Não vai acontecer comigo.
Eu, não quero pagar pra ver. 
E você?

O Cantinho da Mulher de Deus © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO